Histórico‎ > ‎

2006 - Ano IV

2006 foi o ano da realização para a encenação da Paixão de Cristo, finalmente depois de três anos a equipe consegue uma apresentação “quase perfeita", coroada por um inesperado final, na ascensão, protagonizado e organizado pela Pastoral da Juventude. A ousadia foi á marca da encenação. 

Pela primeira vez o evento torna-se realmente algo grande e paroquial, envolve todas as comunidades da paróquia, é apresentado em horário adequado, 20:00hs, tem destaque na mídia, é capa do Jornal Correio Popular, no sábado de ramos, tem cobertura da rede anhanguera no dia da encenação (com notas publicadas no dia seguinte nos dois principais jornais da Cidade de Campinas, Correio Popular e Diário do Povo). A procissão da paixão de Cristo tradicionalmente ocorre na paróquia, chega a Matriz de Santa Inês para se juntar as outras tantas pessoas (entre cinco e seis mil pessoas) que se amontoavam para assistir ao vivo ou mesmo pelo telão instalado ao lado do palco. 

Em cena o palco finalmente tem as dimensões ideais para apresentação 10mX8m, o sistema de cortina é perfeito, as luzes contribuem para engrandecer a apresentação, as musicas e as vozes no momento certo, a tão ousada cena de Herodes, com Bailarinas dançando é bem recebida e da o brilho que falta na cena mais perfeita de todo teatro até hoje, grandiosamente feita pelo casal Edmilson (Herodes) e Débora (Herodiades), com a participação de Jair como Livio. Seria injusto deixar de destacar a dedicação e o emprenho de outros personagens como Jesus (Alexandre Magalhães) em todas as cenas, Pedro (Joelton) no choro de arrependimento por ter negado Jesus, Maria (Beth) ao receber o corpo de seu filho morto, Tomé (Fabio) ao duvidar da ressurreição de Jesus, Lúcifer (Eva) ao tentar Jesus e tentar move-lo de sua fé em Deus, Verônica (Jacira) ao cantar a dor de Jesus flagelado pelos guardas no calvário e claro a pequena mais importantíssima participação da Anunciadora (Célia) para saudar o salvador Jesus. 

A maior surpresa positiva deste ano ficou para o final, com uma inesperada ascensão de Cristo brilhantemente organizada pela Pastoral da Juventude, com direito a queima de fogos e com cascata, ao som de faço novas todas as coisas. 

Outro grande ponto conseguido em 2006 que é fundamental destacar, foi o apoio e a contribuição de varias empresa e pessoas com doações em dinheiro, produtos e material de uso na apresentação, pela primeira vez em todos os anos ao final do teatro a equipe se reúne para fazer o balanço dos gastos e tem a grata surpresa de saber que mesmo faltando pouco mais de R$ 1.200,00 para pagar o total de custos algumas doações no dia da apresentação e outras doações pessoais acabam por cobrir o saldo devedor e desta forma inicia-se o novo ciclo sem que haja dividas do ano anterior, fato que nos anos anteriores levaram a pedir auxilio a comunidade e a realizar bailes e festas posteriores à apresentação para poder quitar os débitos provenientes da apresentação. 

Números, Dados e curiosidades:

Cenas: 27

Musicas: 35

Duração: 1:30h

Atores envolvidos: 52

Figurantes: Aproximadamente 40 pessoas

Bastidores: 40 pessoas

Custo: Aproximadamente R$ 10.000,00

Publico: 5000 a 6000 pessoas

Ponto Principal

          • A morte de Jesus
          • A Seqüência de Herodes, Herodiades, Livio e as Bailarinas.
          • A ascensão de Jesus após o teatro
          • A Discussão no templo entre os Doutores da Lei
          • Pedro é acusado e nega Jesus por três vezes. 

Curiosidades 

          • Ao entrar em cena Satanás, sobre um tablado feito de bancos de madeira, entre o vão de dois bancos o salto se prende e ela fica ali por alguns segundos, brigando com o salto para poder se movimentar em cena.
          • A pequenina Bianca pela primeira vez atua no papel de anjo, ate então feito brilhantemente pela pequena Cynthia, porém durante os ensaios ela é orientada a subir em um banquinho e alcançar o tablado mais elevando, ao entrar em cena com o cálice o banquinho não esta lá e ela aguarda reclamando até o que o banquinho seja posto no local para então subir e rapidamente oferecer o cálice a Jesus.
          • A vinda de novos atores ao teatro sempre traz surpresas e novidades e desta vez não foi diferente entre os novos atores, um em especial trouxe uma grande ajuda Adenilson, além de atuar como um dos doutores da Lei, também trouxe a inovação no mecanismo de abrir e fechar as cortinas (fruto do seu trabalho profissional) facilitando e muito este trabalho.
Comments